Postagens Aleatórias

O Caminho

"Fora do Caminho da Graça em Cristo, não há caminho a ser feito!"

3ª João

Autoria
Essa é a terceira carta canônica de reconhecida autoria do apóstolo João, desde os primórdios da Igreja, e atestada por vários dos chamados pais da Igreja. Nos primeiros versículos de 2 João,assim como em 3 João, o autor se identifica da mesma forma humilde e pastoral: “o presbítero”ou “ancião”. Outras semelhanças internas ainda são bem visíveis, como as expressões “amo na verdade” ou “amo por causa da Verdade”, no primeiro versículo das duas cartas, e “andando na verdade” no quarto verso de ambas, bem como desfechos muito parecidos.
Propósitos
Jesus e o apóstolo Paulo já haviam dado instruções sobre como a Igreja deveria ser cordial e generosa no recebimento dos obreiros cristãos que realizavam árduo trabalho itinerante, levando de cidade em cidade a Palavra de Deus e a sã doutrina. Alguns falsos mestres, no entanto, estavam tentando negociar influências políticas e religiosas, bem como lucrar com suas viagens e palestras. O objetivo do autor, nessa sua segunda carta, é elogiar e encorajar o irmão Gaio por sua hospitalidade e sustento aos discípulos de João verdadeiros mestres na Palavra. Esses irmãos haviam sido maltratados, em uma das igrejas da sia, por um líder carnal e autoritário chamado Diótrefes, que excomungava qualquer membro da comunidade que se mostrasse amável e generoso para com os missionários enviados pelo apóstolo. A carta de João é também uma advertência à arrogância prepotência dos ditadores
Data da primeira publicação
udo indica que essa terceira carta tenha sido composta na mesma poca que as duas anteriores,por volta do ano 90 d.C. Mais detalhes na introdução de 1ª João.
Esboço geral de 3ª João
1.Saudações apostólicas de João ao amado irmão Gaio (v.1-8)
 A. Fraternal e entusiástica saudação (v.1,2)
B. O testemunho do filho na fé jubiloso (v.3-8)
2. O contraste das atitudes tristes dos líderes carnais (v.9-12) 
A.O mau exemplo do líder apóstata Diótrefes (v.9-11)
B.O testemunho cristão de amor de Demétrio (v.12)
3.Saudações finais a Gaio e aos amados irmãos (v.13-1515